Dossiê Oscar 2009: Melhor Atriz Coadjuvante


Penelope Cruz | VICKY CRISTINA BARCELONA
Resenha | Site Oficial

Penélope Cruz retrata a ardente Maria Elena em VICKY CRISTINA BARCELONA, uma mulher divorciada atada numa relação complexa com seu ex-marido.

Histórico
É a segunda indicação de Penélope Cruz ao Oscar. A segunda em espanhol. Ela foi indicada como Melhor Atriz em 2006 por VOLVER. Cruz teve uma campanha conturbada e acirrada com outras atrizes. Ganhou o National Board of Review, o Goya (O Oscar Espanhol) e o Prêmio da Crítica de Los Angeles e Nova York, além da crítica de St. Louis, África do Sul e a NYFCO. Foi indicada ao Globo de Ouro, ao SAG Awards, ao Critics Choice Awards e ao BAFTA e foi runner up pela crítica de Londres, Detroit, Dallas, Toronto e Chicago. Essa é a única indicação de VICK CRISTINA BARCELONA ao Oscar 2009.

——————————


Viola Davis | DÚVIDA
Resenha | Site Oficial

Em DÚVIDA, Viola Davis é Mrs. Miller, uma mulher negra, mãe, que descobre que seu filho pode ser vítima de um padre que abusa sexualmente dele na escola.

Histórico
É a primeira indicação de Viola Davis ao Oscar. Ela foi considerada como Melhor Atriz Coadjuvante pela crítica de Houston e Dallas e runner up em Chicago, África do Sul, St. Louis, National Society of Film Critics e National Board of Review. Concorreu ainda no Globo de Ouro, no SAG Awards e no Critics Choice Awards. DÚVIDA foi indicado ao Oscar em cinco categorias: Melhor Atriz, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Atriz Coadjuvante em dupla indicação e Melhor Roteiro Adaptado.

——————————


Marisa Tomei | O LUTADOR
Resenha | Site Oficial

Marisa Tomei retrata uma stripper de meia-idade (Cassidy) que tenta manter um relacionamento com um ex-lutador fracassado de luta livre profissional.

Histórico
É a terceira indicação de Marisa Tomei ao Oscar. Ela concorreu como coadjuvante em 2001 com ENTRE QUATRO PAREDES e em 1992 com MEU PRIMO VINNY, onde conquistou a estatueta. Por O LUTADOR, ganhou o Prêmio da Crítica de Oklahoma, San Francisco, Detroit, Las Vegas, San Diego, Phoenix e Flórida e foi runner up em Dallas. Foi indicada ao Globo de Ouro, ao Critics Choice Awards e ao BAFTA. O LUTADOR foi indicado ao Oscar em duas categorias: Melhor Ator e Melhor Atriz Coadjuvante.

——————————

Taraji P Henson | O CURIOSO CASO DE BENJAMIN BUTTON
Resenha | Site Oficial

Taraji P. Henson interpreta Queenie, uma enfermeira que adota Benjamin Button, um homem que nasceu sob circunstâncias especiais e rejuvenesce com o tempo.

Histórico
É a primeira indicação de Taraji P. Henson ao Oscar. Ela ganhou o Prêmio da Crítica de Austin e foi runner up em St. Louis e Dallas. Foi indicada também ao Critics Choice Awards e ao SAG Awards. O CURIOSO CASO DE BENJAMIN BUTTON é o recordista de indicações ao Oscar com 13: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator, Melhor Atriz Coadjuvante, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Direção de Arte, Melhor Fotografia, Melhor Edição, Melhor Figurino, Melhor Maquiagem, Melhor Trilha Musical, Melhor Mixagem de Som e Melhor Efeitos Visuais

——————————


Amy Adams | DÚVIDA
Resenha | Site Oficial

Em DÚVIDA, Amy Adams é a irmã James, uma inexperiente jovem, cujas observações confidenciadas com a irmã Aloysius desencadeiam sérias acusações de pedofilia a um padre conservador.

Histórico
É a segunda indicação de Amy Adams ao Oscar. Ela concorreu como coadjuvante em 2005 com JUNEBUG. Por DÚVIDA, ela foi indicada ao Globo de Ouro, o BAFTA e o SAG Awards e foi eleita runner up segundo a crítica de St. Louis, Detroit e Chicago. DÚVIDA foi indicado ao Oscar em cinco categorias: Melhor Atriz, Melhor Ator Coadjuvante, Melhor Atriz Coadjuvante em dupla indicação e Melhor Roteiro Adaptado.

——————————

O Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante…
Essa é uma categoria maluca e completamente imprevisível. O favoritismo por enquanto está dividido entre Penelope Cruz e Viola Davis, com ligeira dianteira da atriz espanhola. Cruz reune em VICK CRISTINA BARCELONA todos os estereótipos de uma típica mulher latina. É o melhor personagem do filme de Woody Allen e certamente o mais divertido e neurótico também.

No entanto, Viola Davis apesar de poucas cenas tem um belíssimo personagem para trabalhar. Complexo e delicado. Uma mãe que sofre sob o peso da dúvida, mas que no contraponto disputa votos diretamente com outra companheira de cena: Amy Adams que no ano passado foi esnobada por ENCANTADA. Ambas anulam a outra o que pode comprometer na disputa pelo Oscar, o que sempre acontece com indicações duplas. Marisa Tomei e Taraji Hanson encerram a lista sem muita ameças.

Article Tags:
· · · ·
Article Categories:
AWARDS

Comments

  • Em uma categoria que seria vencida facilmente por Katie Winslet por “O Leitor” a performance que mais me agrada é a de Penelope Cruz em “Vick Cristina Barcelona”.

    héber ribeiro 4 de fevereiro de 2013 11:59 Responder
  • a atuaçao de TARaji é sensacional,fragil as x,mas solene em sua maior parte,conduz com maestria a uma das mais belas obras-primas do cinema atual.Penelope,esta otima,mas é um estereotipo de um relacionamento confuso em tempos ja tao nebulosos.ADams esta mto bem tbem como Viola DAvis;que alias nao seria justo ganhar de uma colega que carregou um filme de quase 3 horas.Tomei nao foi feliz no filme,pois um roteiro previsivel e que jamais daria oscar a alguem….

    carlos alberto 22 de fevereiro de 2009 11:50 Responder
  • eu naum acredito que a espanha vença novamente, lembrando que ano passado javier barden levou o premio de coadjuvante, e uma leva de estrangeiros levou a maiora dos oscar entre eles, atriz, ator, atriz coadjuvante, cancao, maquiagem, filme estrangeiro e etc, acredito que esse seja o ano de celebrar a industria americana que ja esta um tanto fragilizada por causa da crise. minha apostas: taraji e amy

    carlinhos 5 de fevereiro de 2009 7:42 Responder
  • Essa dupla indicação para dúvida é o que mantém Viola Davis um pouquinho atrás, pois alguns votos podem ser divididos entre ela e Amy Adams, daí a vantagem de Penélope Cruz que reina sozinha em Vicky Cristina Barcelona… ;-)

    Lília 3 de fevereiro de 2009 11:06 Responder
  • Para mim, esta é uma das categorias mais disputadas do Oscar 2009. Acredito que todas as cinco indicadas possuem chances de ganhar. Por ora, afirmo que Penélope Cruz é a favorita, mas não descartaria uma vitória de uma das atrizes de “Doubt”.

    Kamila 2 de fevereiro de 2009 20:35 Responder
  • Acho que essa categoria será a mais disputada, assim como no ano passado. Tomei e Adams tem bons desempenhos, mas longe de merece qualquer premiação – e, atualmente, acho que não tem chance alguma de vencer. As outras três brigarão pela estatueta. Comentam que podem premiar a Taraji para compensar “Button” nas categorias principais, o que seria uma tremenda injustiça já que ela não faz porra nenhuma (perdão) no filme. Para mim Cruz e Davis são as únicas que merecem e ficarei satisfeito se uma delas vencer (aposto na primeira).

    Vinícius P. 2 de fevereiro de 2009 11:49 Responder
  • Amy Adams e Marisa Tomei são meros complementos da lista (boas atrizes, mas sem personagens de força pra chegar à premiação). Taraji P. Henson faz uma composição comovente da mãe de Benjamin: forte e amorosa ao mesmo tempo. Mas os nomes mais fortes são Viola e Penelope. A primeira atua pouco mas a personagem é tão densa e minimalista que marca. A segunda é a coadjuvante do ano, preterida no Globo de Ouro por Kate (prestígio) mas que, aqui, deve levar a tão sonhada estatueta à Espanha. Merecidamente.

    Gabriel Marcelo 1 de fevereiro de 2009 22:38 Responder

Deixe uma resposta