Cannes 2019, o dia depois

Um dia depois do impressionante anúncio de #Cannes2019, das surpresas e omissões, da universalidade dessa Seleção (e já pelo segundo ano), donde a competição se divide entre o “clube vip” e os novatos, com 8 cineastas estreando às Palmas, quatro delas mulheres (por enquanto) e um expressivo contingente americano (lê-se “star power”), todos os olhos (e rumores) se voltam aos esnobados, as prováveis adições e, claro, ao anúncio da Quinzena dos Realizadores e da Semana da Crítica.

Sabe-se, por enquanto, que a Sony Pictures tem uma vaga assegurada na Competição, em tese para Quentin Tarantino. Então, ERA UMA VEZ EM HOLLYWWOD, uma novela, o drama de um cineasta que corre contra o tempo para terminar seu filme, enquanto todos esperam, o público, os jornalistas, o Festival, por essa corrida às Palmas. E, caso não fique pronto, apesar das expectativas, o estúdio disponibilizará ADORAVEIS MULHERES, da Greta Gerwing, em contrapartida. Olha, Cannes certamente não sairá perdendo.

A outra vaga, se houver, é uma aposta obscura… o (forte) rumor dá conta que será MEKTOUB, MY LOVE: CANTO DUE, de Abdellatif Kechiche, isso caso o diretor corte seu filme de quatro horas para algo, digamos, mais comercial. Mas (sinceramente?) nossa aposta fica no Japão, entre A GIRL MISSING (Kôji Fukada) e TO THE ENDS OF THE EARTH (Kiyoshi Kurosawa), um deles em Competição, o outro abrindo a “Un Certain Regard”. Sessão aliás, que tem outra vaga em aberto, em tese para um filme latino ou europeu, então ficamos entre o mexicano MANO DE OBRA (David Zonana) ou o islandês THE COUNTY (Grimur Hakonarson).

Antes de falar da (temerosa) Quinzena, vale ressaltar que vários títulos não ficarão prontos a tempo, ou já foram recusados, ou mesmo seguem para Locarno ou Veneza. São eles: EMA (Pablo Larraín), PROXIMA (Alice Winocour), MANOR HOUSE (Cristi Puiu), C’EST EXTRA (Guillaume Nicloux), PELICAN BLOOD (Katrin Gebbe), LA VERITÉ (Hirokazu Kore-eda), AD ASTRA (James Gray), CHANSON DOUCE (Lucie Borleteau), WET SEASON (Anthony Chen), NOS FRÈRES BLESSÉS (Hélier Cisterne), LA CORDILLÈRE DES SONGES (Patricio Guzmán), JUMBO (Zoé Wittock), ECHO (Runar Runarsson), WENDY (Benh Zeitlin), AGAINST ALL ENEMIES (Benedict Andrews), ABOUT ENDLESSNESS (Roy Andersson), FIRST COW (Kelly Reichardt), WICKED GAMES (Ulrich Seidl), NOMADLAND (Chloe Zhao), WAVES (Trey Edward Shults), GLORIA MUNDI (Robert Guédiguian), UNCUT GEMS (Josh & Benny Safdie), O IRLANDÊS (Martin Scorsese), THE LAUNDROMAT (Steven Soderbergh), TECHNOBOSS (João Nicolau) e THE KING (David Michod).

Não sobra muito para a Quinzena… Aliás, quase nada. Corre pelos corredores que o italiano Paolo Moretti (em seu primeiro ano como Delegado Geral) encontra muita dificuldade para fechar a Seleção desse ano. Tanto que vários títulos foram alocados para a “Un Certain Regard” (caso de Albert Serra, Danielle Lessovitz e Bruno Dumont) ou mesmo adiante para os Festivais de Outono. Mesmo assim, alguns títulos “gourmets” aparentemente estão confirmados, tais como UNE FILLE FACILE (Rebecca Zlotowski), THE LIGHTHOUSE (Robert Eggers, foto), LITIGANTE (Franco Lolli), CANCION SIN NOMBRE (Melina Leon), ALICE ET LE MAIRE (Nicolas Pariser) e ZOMBI CHILD (Bertrand Bonello).

Dito isso, reagrupamos nossas apostas para os anúncios da próxima semana. Confira abaixo:


72º Festival de Cannes | Apostas Finais
*** Apostas em Ordem de Probabilidade***

Competição (Adição) | Cannes 2019
ONCE UPON A TIME IN HOLLYWOOD . Quentin Tarantino
MEKTOUB, MY LOVE: CANTO DUE . Abdellatif Kechiche

runner ups | Competição (Adição)
LITTLE WOMEN . Greta Gerwig
A GIRL MISSING . Kôji Fukada
TO THE ENDS OF THE EARTH . Kiyoshi Kurosawa

Filme de Encerramento | Cannes 2019
DOMINO | Brian de Palma

Filme de Abertura | Sessão “Un Certain Regard”
TO THE ENDS OF THE EARTH . Kiyoshi Kurosawa
A GIRL MISSING . Kôji Fukada

Sessão “Un Certain Regard” (Adição)
MANO DE OBRA . David Zonana
THE COUNTY . Grimur Hakonarson

runner ups | Un Certain Regard
GUEST OF HONOUR . Atom Egoyan
SATURDAY FICTION . Lou Ye
TERMINAL SUD . Rabah Ameur-Zaïmeche
REVENIR . Jessica Palud
THE NEST . Sean Durkin
THE DISCIPLE . Ivan Ostrochovský
PATRICK . Tim Mielants
JARDIN NOIR, CIEL BLEU . Nora Martirosyan
CERTAIN KIND OF SILENCE . Michal Hogenauer
LONG TIME NO SEE . Pierre Filmon
NEITHER I FROM YOU, NOR ME FROM YOU . Tudor Cristian Jurgiu

Fora de Competição (Adição)
FÊTE DE FAMILLE . Cédric Kahn
LE PRINCE OUBLIÉ . Michel Hazanavicius

Filme de Abertura | Quinzena dos Realizadores
LE DAIM . Quentin Dupieux – CONFIRMADO

Quinzena dos Realizadores
UNE FILLE FACILE . Rebecca Zlotowski – CONFIRMADO
THE LIGHTHOUSE . Robert Eggers – CONFIRMADO
LITIGANTE . Franco Lolli – CONFIRMADO
CANCION SIN NOMBRE . Melina Leon – CONFIRMADO
ALICE ET LE MAIRE . Nicolas Pariser – CONFIRMADO
ZOMBI CHILD . Bertrand Bonello – CONFIRMADO
MIGNONNES . Maïmouna Doucouré
THE ORPHANAGE . Shahrbanoo Sadat
LES HÉROS NE MEURENT JAMAIS . Aude-Léa Rapin
UN DIVAN A TUNIS . Manèle Labidi
FILLES DE JOIE . Frédéric Fonteyne & Anne Paulicevich
ÉDEN . Agnes Kocsis
THE WIND BLEW ON . Katrín Ólafsdóttir
ESAU . Pavel Lungin
MARONA´S FANTASTIC TALE . Anca Damian
LUZ . Flora Lau
JUDGEMENT . Raymund Ribay Gutierrez
THE LAST BLACK MAN IN SAN FRANCISCO . Joe Talbot

runner ups | Quinzena dos Realizadores
VITALINA VARELA . Pedro Costa
J´AI PERDU MON CORPS . Jérémy Clapin
POISSONSEXE . Olivier Babinet
IL PLEUVAIT DES OISEAUX . Louise Archambault
L’ÉCHAPPÉE . Mathias Pardo
IL MOI CORPO VI SEPPELLIRA . Giovanni La Parola
GREENER GRASS . Jocelyn DeBoer & Dawn Luebbe

Semana da Crítica
JESSICA . Ninja Thyberg
MERVEILLES A MONTFERMEIL . Jeanne Balibar
7500 . Patrick Vollrath
GOOD BYE MISTER WONG . Kiyé Simon Luang
VERS LA BATAILLE . Aurélien Vernhes-Lermusiaux
SUN . Jonathan Desoindre & Elia Kowalska
THE VISITOR . Sebastian Godwin
LE MILIEU DE L’HORIZON . Delphine Lehericey
YVES . Benoît Forgeard
FEMME-ENFANT . Amro Hamzawi

Article Tags:
·
Article Categories:
FESTIVAIS

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.