Nos Bastidores do Oscar

A United Artists decidiu adiar novamente OPERAÇÃO VALQUIRIA, transferindo a fita de Tom Cruise da temporada de prêmios para o dia 13 de Fevereiro de 2009. A versão oficial dada pela produção é a excelente oportunidade de lançar o filme numa data prestigiada como o mundialmente conhecido “Dia do Presidente” (Uau!). Com ou sem feriado, Fevereiro é um cemitério de filmes. E adiar uma estréia duas vezes, ainda mais de uma época prestigiosa para uma temporada lata-de-lixo é algo muito sério.

Enquanto isso, o boato de que Steve Soderbergh apresentará as duas partes da Biografia de Che Guevara em Cannes é cada vez mais consistente. GUERILLA está praticamente pronto e THE ARGENTINE está na montagem final. THE ARGENTINE focaliza a derrubada de Fulgêncio Batista em Cuba, e tem um tom otimista e vigoroso, enquanto GUERILLA segue Che na Bolívia até sua morte, e será sombrio e amargo. Tudo indica, portanto, que a estréia americana de ambos será na temporada de prêmios. Com destaque para Benicio Del Toro que atualmente é o grande favorito nas bancas de apostas para melhor ator.

Destaque também para O CAVALEIRO DAS TREVAS, que teve exibição teste nos EUA. O filme repete a excelência técnica e o apuro do roteiro de BATMAN BEGINS. Christopher Nolan, como bom diretor de atores, extrai o melhor do elenco composto de Christian Bale, Maggie Gyllenhaal (substituindo Katie Holmes), Michael Caine, Morgan Freeman e Aaron Eckhart. Mas o grande destaque é Heath Ledger confirmando as expectativas do trailer e do personagem. Seu Coringa é um misto de bobo da corte, esquizofrênico, sádico e louco. A indicação póstuma como ator coadjuvante parece praticamente certa.

Enquanto isso, em Toronto, Fernando Meirelles apresentou BLINDNESS também em exibição teste. O filme foi considerado forte em muitas cenas o que chocou muita gente, mas segundo depoimento do próprio diretor, em seu blog, o cinema explodiu em aplausos numa cena entre Juliane Moore e Gael Garcia Bernal. Meirelles já disse em outras entrevistas que Bernal fez uma composição muito interessante para seu personagem. Satírica, caricata, mas ao mesmo tempo verossímil. BLINDNESS terá sua Premiere Mundial em Cannes.

Por Ana Maria Bahiana & Fernando Meirelles

Article Tags:
Article Categories:
AWARDS

Comments

  • A indicação do grande ator Heath Ledger ao Oscar póstumo será a justa coroação do excelente intérprete que ele sempre foi.Esforçado, talentoso, refinado, educado, charmoso e sensual.O Heath lembrava os grandes astros antigos, ao nível de Brando, Wayne, Charles Bronsom, Antony Quinn,Victor Mature,Antony Perkins e muitos outros, ou seja, atores que faziam a diferença.O Heath odiava a mesmice, estava sempre à se reinventar e nunca à se repetir.Era um poço de talento, amadurecia à cada personagem.O Heath , se vivo fosse, ganharia este Oscar e muitos outros , era só questão de tempo.Este oscar pótumo encheria os fãs de alegria.

    AUREA 10 de julho de 2008 1:18 Responder
  • Acho que “Operação Valquíria” não deve ser um grande filme, ao menos essa foi a confirmação que me fez ter quase certeza disso. “O Cavaleiro das Trevas” tem tudo para ser o melhor blockbuster do ano – com torcida para indicações técnicas ao Oscar (e para o Ledger, claro). E o primeiro trailer de “Blindness” elevou minhas expectativas para o filme.

    Vinícius P. 11 de abril de 2008 1:44 Responder
  • Para mim, é uma decepção ver o adiamento da estréia de “Operação Valquíria”. Acho o trailer do filme bastante interessante e não consigo entender qual o problema que esse filme tem. Pelo jeito, Tom Cruise vai ter que aguardar mais pela sua grande volta.

    Confesso que, dos dois projetos do Soderberg sobre Che Guevara, o que eu acho que vai ser o melhor é “Guerilla”. Se ele conseguir apresentar os dois projetos em Cannes será sensacional.

    Não sei se eu gosto da idéia de uma indicação póstuma ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante para Heath Ledger, mas não tenho dúvidas que “The Dark Knight” será um filmaço.

    E estou ansiosíssima por “Blindness”, ainda mais depois de ver o teaser trailer. No entanto, acho que o filme pode ser prejudicado na temporada de premiações por ser forte. Não sei se a Academia abraçaria o filme.

    Kamila 10 de abril de 2008 19:07 Responder
  • Parece que quem apostou desde já em Ledger futuramente terá acertado uma das vagas para Ator Coadjuvante.

    E tomara que as decisões tomadas em resposta às reações às exibições de BLINDNESS ajudem na versão final, e não o contrário!

    Gustavo H.R. 10 de abril de 2008 19:07 Responder

Deixe uma resposta