Mundo Oscar 2008 | Atriz



Julie Christie
LONGE DELA

Certamente, jamais passou pela cabeça da austera corte inglesa que a filha de um texano com uma australiana pudesse, um dia, torna-se a rainha Elizabeth. O oposto do diretor Shekhar Kapur, que viu na atriz Cate Blanchett a fórmula sob medida para a monarca. E, pelo visto, ele acertou! Em 1998, com o filme ELIZABETH, o paquistanês consagrou sua musa com uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz. Este ano, convenceu os 5824 membros da Academia que a loira merecia voltar à disputa.



Marion Cotillard
PIAF

Cate também já levou um Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por interpretar um ícone do cinema: a atriz Katharine Hepburn, no filme O AVIADOR, de Martin Scorsese, em 2005. Desta vez, recebeu duas indicações ao Oscar – Melhor Atriz e Melhor Atriz Coadjuvante, por ELIZABETH: A ERA DE OURO e NÃO ESTOU LÁ, respectivamente. Mas a disputa torna-se interessante quando Julie Christie pousa na lista das divas. Essa última fez todo mundo sofrer ao interpretar uma mulher com Mal de Alzheirmer em LONGE DELA. Papel, por sinal, que lhe rendeu o Globo de Ouro de Melhor Atriz.



Ellen Page
JUNO

Os membros também destacaram o brilho de Laura Linney. Um justo reconhecimento a uma das carinhas mais conhecidas de Hollywood – SSOBRE MENINOS E LOBOS (2003). Indicada por interpretar uma simpática ruiva em A FAMÍLIA SAVAGE, de Tamara Jenkins, a atriz mostrou talento. No entanto, ela passou batido na turbulenta premiação do Globo de Ouro, em janeiro. Foi a única a não receber nenhuma indicação.



Laura Linney
A FAMÍLIA SAVAGE

A francesa Marion Cotillard também está na disputa pela estatueta por sua atuação em PIAF. Regida sob a bela direção de Olivier Dahan, a atriz, de 32 anos, dá voz a Édith Giovanna Gassion em um misto de documentário e ficção. Cotillard já foi homenageada com um César de Melhor Atriz Coadjuvante, por ETERNO AMOR (2004), e duas indicações ao César de Melhor Revelação Feminina… Enfim, uma alegoria de reconhecimentos que, se levados em consideração, podem anular a novata Ellen Page – que aos tímidos 21 anos foi indicada pela comédia JUNO. Mas, resultado à parte, apenas o fato de ser nomeada pela Academia já é uma honra para a moça.



Cate Blanchett
ELIZABETH: A ERA DO OURO

Por Erick Araújo – Portal Uai

Article Tags:
· ·
Article Categories:
AWARDS

Comments

  • Julie Christie estava melhor por Longe Dela. Helena B. Carter fez falta nessa categoria pelo seu papel em Sweeney Todd.

    Héber Ribeiro 18 de fevereiro de 2013 7:12 Responder
  • marion cotillard sem sombra de duvida, ela está impecável, execelente, merecedora DA LAUREA. JULIE CHRISTIE, CATE BLANCHETT E ELLEN PAGE MERECIAM, MAS MARION COTILLARD É MELHOR PELA MAQUIAGEM, INTERPRETAÇÃO E CONJUNTO DA OBRA. ELA É O RAIO.

    Dyogo 19 de outubro de 2012 17:13 Responder
  • Vi “Longe Dela” e não achei a atuação da Julie Christie tão espetacular. Se vencer (o que é muito provável), não será merecido.

    por possibilidade:
    1. Julie Christie
    2. Marion Cotillard
    3. Ellen Page
    4. Laura Linney
    5. Cate Blanchett

    por preferência:
    1. Marion Cotillard
    2. Ellen Page
    3. Julie Christie

    Vinícius P. 22 de fevereiro de 2008 23:24 Responder
  • Christie é a candidata a se bater… Em especial se for batida por Cottilard ou Page! ;-)

    Gustavo H.R. 22 de fevereiro de 2008 19:18 Responder
  • saiu CDG sweeney todd foi o vencedor e o favorito ao osar se liga veio.

    Daniel Carvalho 22 de fevereiro de 2008 13:58 Responder

Deixe uma resposta