Dossiê Oscar 2010: Melhor Trilha Musical


AVATAR | James Horner
Resenha | Site Oficial

No futuro, Jaze é o ex-fuzileiro naval paraplégico enviado a um planeta chamado Pandora. Lá, além da riqueza em biodiversidade, existe também a raça humanóide Na’vi, com sua própria língua e cultura. O que evidentemente entra em choque com os humanos da Terra.

Histórico
Essa é a décima indicação de James Horner. Ele ganhou os Oscars de Melhor Trilha Musical e Canção por TITANIC (1997) e foi indicado pelas trilha de ALIENS (1986), CAMPO DOS SONHOS (1989), CORAÇÃO VALENTE (1995), APOLLO 13 (1995), UMA MENTE BRILHANTE (2001) e CASA DE AREIA E NEVÓA (2003), além da canção de FIEVEL – UM CONTO AMERICANO (1995). Pela Trilha de AVATAR, ele concorreu ao Globo de Ouro e ao BAFTA.

——————————


UP – ALTAS AVENTURAS | Michael Giacchino
Resenha | Site Oficial

Um velhinho viúvo chamado Carl Fredricksen, com seus setenta e poucos anos de idade, passou a vida sonhando em explorar o planeta e viver plenamente a vida. Até que um plano mirabolante invade sua cabeça teimosa: fazer sua casa inteira levantar vôo e transportá-la dos Estados Unidos a um lugar em meio às montanhas da floresta venezuelana. Um erro de percurso faz sua casa cair e ele tem de seguir sua viagem a pé, com a ajuda de um escoteiro gordinho e muito dedicado. Mas nessa jornada eles vão enfrentar muitos vilões, bestas e, o que é pior, fazer suas refeições sempre às 3h30 da manhã.

Histórico
Essa é a segunda indicação de Michael Giacchino. Ele concorreu em 2007 por RATATOUILLE. Por essa trilha, ele ganhou praticamente todos os Prêmios da temporada, incluindo o Globo de Ouro, o Critics Choice, o BAFTA e mais os Prêmios da Crítica de Houston, Phoenix, Chicago e Austin.

——————————


SHERLOCK HOLMES | Hans Zimmer
Resenha | Site Oficial

Nova versão das aventuras do detetive Sherlock Holmes e seu fiel escudeiro Doutor Watson, personagens criados pelo escritor escocês Arthur Conan Doyle.

Histórico
Essa é a oitava indicação de Hans Zimmer ao Oscar. Ele foi indicado por RAIN MAN (1988), UM ANJO EM MINHA VIDA (1996), MELHOR IMPOSSÍVEL (1997), ALÉM DA LINHA VERMELHA (1998), O PRÍNCIPE DO EGITO (1998) e GLADIADOR (2000). E ganhou em 1994 com O REI LEÃO

——————————


O FANTÁSTICO SR. RAPOSO | Alexandre Desplat
Resenha | Site Oficial

Grupo de fazendeiros irados, cansado de dividir suas galinhas com uma raposa intrometida, resolve acabar com seu oponente.

Histórico
Essa é a terceira indicação de Alexandre Desplat. Ele foi indicado em 2008 por O CURIOSO CASO DE BENJAMIN BUTTON e em 2006 por A RAINHA. Com O FANTÁSTICO SR. RAPOSO, Desplat concorre ao BAFTA e ganhou o Prêmio da Crítica de Los Angeles

——————————


GUERRA AO TERROR | Marco Beltrami & Buck Sanders
Resenha | Site Oficial

Retrato cru e violento dos soldados de elite no Iraque que fazem o trabalho mais perigoso do mundo: desarmar bombas no coração de um combate. Neste cenário surge um novo sargento, James, que assume uma equipe altamente treinada em desarmamentos. Além dos perigos já conhecidos, ele surpreende seus dois subordinados imediatos, Sanborn e Eldridge, lançando-os de forma imprudente num combate mortal. Mas James comporta-se de forma indiferente diante da iminência da morte. À medida que os homens se esforçam para controlar a selvageria de seu líder, tudo ao redor deles torna-se um caos. James, por sua vez, revela um comportamento que irá mudar as vidas de todos para sempre.

Histórico
Essa é a primeira indicação de Buck Sanders. Já Marco Beltrami concorre pela segunda vez. Em 2007 foi indicado pela trilha de OS INDOMÁVEIS.

——————————

O Oscar de Melhor Trilha Musical…
Um dos maiores desafios na criação da trilha sonora de UP – ALTAS AVENTURAS foi manter vivo o espírito da esposa de Carl, Ellie. Giacchino conseguiu isso através de um tema especial associado ao personagem: Uma linda valsa lírica. Um tema que evoca a juventude, o primeiro amor e que cresce com o filme e gira e dá voltas conforme necessário e, no final, se torna um tema de ação e aventura. O talento de Giacchino está totalmente demonstrado na bela e emocionante sequência inicial – que não necessita de uma única palavra – e leva o público em emoções vertiginosas quando mostra a vida e os sonhos de Carl e Ellie. Uma sequência que leva qualquer um da mais alta alegria da vida até as lágrimas e a morte de Ellie. É por essa cena, por esse tema que Giacchino é favorito ao Oscar. E, é claro, pela trilha de STAR TREK que não foi indicada, mas está sublinhada na categoria.

A abordagem de Hans Zimmer para SHERLOCK HOLMES é a que se poderia esperar do compositor (e de sua equipe). O score fornece uma visão modernizada, melódica do personagem de Holmes e Watson e propicia uma experiência auditiva que pode não soar “autêntica”, mas tem seu charme. O score é levado por seu tema principal bem-humorado, facilmente identificável, apresentado no inicio e mais tarde utilizado em todo o filme como uma espécie de coringa. É uma linguagem musical repleta de textura e tons que sublinha o drama, as atuações, a ação e as intrigas de Sherlock Holmes.

Em AVATAR, James Horner combina elementos sinfônicos clássicos que impulsionam a ação com sons que nos transporta para outro mundo; Estes últimos incluíram vocalistas cantando no dialeto Na’vi, bem como instrumentos acústicos, indígenas e eletrônicos incomuns.Uma belíssima trilha de proporções épicas.

Não é necessário falar que 2009 foi muito proveitoso para o francês Alexandre Desplat – Sete trilhas, um Hollywood Awards, dois World Soundtrack Awards, uma indicação ao Grammy… Depois da bela partitura de LUA NOVA, Desplat se reinventou e, voltando a compôr para animações, foi responsável pela trilha sonora mais fofa e original do ano. A trilha musical dO FANTÁSTICO SR. RAPOSO reúne uma variada seleção de canções de intérpretes como The Beach Boys, Rolling Stones e Burl Ives, além de duas composições do também francês Georges Delerue, com a partitura de Desplat: “Mr Fox in the Fields”, tem o som do banjo em uma melodia brincalhona, bem lúdica e infantil, em um tom de infância delicioso. Já “Boggis, Bunce and Bean” (nome dos vilões do filme) traz instrumentos de sopro vinculados a cordas, e tem um ritmo ágil, sendo muito interessante.

Por fim a trilha de GUERRA AO TERROR foi indicada só para empatar com AVATAR em indicações. A música de Beltrami tem acordes secos comuns aos filmes de guerra e suspense e ouvida isoladamente não tem nada de especial. É, portanto, azarão na disputa.

Article Tags:
· ·
Article Categories:
AWARDS

Comments

  • Vitória merecida de Giacchino por Up-Altas Aventuras. Lembrando que ele poderia muito bem ser indicado pela inspiradíssima Trilha Musical de Star Trek, mas foi preterido pela rasa música de Marco Beltrami e Buck Sanders. A Trilha de A Princesa e o Sapo composta por Randy Newman também é muito interessante, e caberia muito bem na lista de indicados à essa categoria.

    Héber Ribeiro 13 de fevereiro de 2013 1:34 Responder
  • Corrigido, Ricardo! Valeu!

    Maurício 15 de fevereiro de 2010 14:01 Responder
  • Hans Zimmer já ganhou os Oscar de Trilha Sonora em 1994, por O Rei Leão.

    Ricardo 15 de fevereiro de 2010 13:32 Responder
  • Também acho que o Giacchino é mesmo o favorito para levar esse prêmio e de forma merecida até. Mas é claro que “Avatar” pode surpreender, o filme está forte no segmento técnico.

    Vinícius P. 14 de fevereiro de 2010 8:34 Responder

Deixe uma resposta