32ª Mostra SP: Parceria com o Salina Doc Fest

O Salina Doc Fest, festival de documentário narrativo realizado na principal das sete ilhas do arquipélago siciliano de Eólias, faz uma parceria com a Mostra Internacional de Cinema em São Paulo para um inédito intercâmbio cinematográfico. Além da Mostra indicar filmes para Salina, o melhor filme italiano da segunda edição do SalinaDocFest 2008, realizado de 22 a 28 de setembro, destacado com o Premio Brasile, será também apresentado na programação da 32ª Mostra. O filme, escolhido por um júri brasileiro (Renata de Almeida, Beth Formaggini e Leon Cakoff) foi COMO UM UOMO SULLA TERRA, de Andrea Segre e Dagmawi Yimer.

Justificamos o prêmio da Mostra pelo filme “relevar uma temática social sobre imigração, solidariedade, exílio, perseguição política e resistência. E especialmente por ser um filme que afeta a Itália duplamente – pela polêmica da sua política contra os imigrantes, esquecendo que a própria Itália espalhou a sua cultura por imigrar por todo o mundo; e por tratar de conseqüências diretas de sua não muito distante política colonial na África e, neste caso, na Etiópia.”

Salina e São Paulo iniciam aqui uma parceria cinematográfica que muito nos estimula. A história de São Paulo e de sua formação cultural passa pelo voluntarismo de imigrantes italianos e do encantamento oferecido pelo próprio cinema italiano ao longo de suas décadas de ouro. E Salina é cenário e inspiração de muitos capítulos dessa nossa história comum de cinéfilos, pois lá foram rodados filmes como STROMBOLI (Roberto Rossellini), L’AVENTURA (Michelangelo Antonioni), O CARTEIRO E O POETA (Michael Radford), entre muitos outros. Salina passa a representar um novo palco também para o cinema brasileiro que tanto tem encantado o mundo desde que atingiu a sua maturidade com visões mais pluralistas e diversificadas do seu gigante universo cultural.

Com esta parceria, São Paulo e Salina trocarão várias experiências que tem o firme propósito de beneficiar o mútuo conhecimento cinematográfico. Esperamos que o nosso exemplo geminado sirva para muitos outros festivais de cinema.

Por Leon Cakoff

Article Tags:
Article Categories:
FESTIVAIS

Deixe uma resposta