Uma Casa à Beira-Mar

LA VILLA


Numa pequena vila entre Marselha e Siga, três irmãos se reúnem para assistir seu pai. Angèle, uma atriz com o coração magoado, Joseph, um professor com o vício da revolução, Armand, chef de um modesto restaurante, ali para medir sua existência diante do derrame do pai. Ali, em torno de sua herança, na casa à beira-mar, no negócio de família, frente à consciência política e social e diante do passado. Três filhos encalhados na costa do Mediterrâneo… esse é o (belo) filme de Robert Guédiguian, senão um novo começo para cada personagem.

O cenário é o calçadão de Méjean, os barcos serenos indo e vindo, as pequenas casas coloridas construídas na colina, um viaduto ao fundo donde os trens que vão e vem parecem um ferrorama de brinquedo; E diante dessa paisagem, o mar transforma o horizonte, especialmente no inverno, donde a luz torna o conjunto ao mesmo tempo, melancólico e lindo. E é nesse aparente paraíso, que o cineasta insere irmãos e irmãs, pais e mães, amigos e amantes. Todos esses homens e mulheres compartilhando historias e sentimentos, indo e vindo, existindo e desaparecendo. E depois? O mundo será melhor sem eles? Pior? Graças a eles, por causa deles? O que será legado quando se forem?

E, então, emulando AS INVASÕES BARBARAS, de Denys Arcand, Guédiguian conta sua história, reitera a morte das utopias, o senso de aversão, a passagem do tempo, o fim de um mundo, para depois, revolucionar seu argumento com novos personagens. A humanidade escondida nas colinas, exatamente dois irmãos e uma irmã, como um eco de Joseph, Armand e Angèle, e isso traz um frescor a projeção, uma sensação de fraternidade, de volta ao lar. Um filme de adeus e silêncios, logo escrito em recomeços e esperança. Três crianças naufragadas na costa do Mediterrâneo… jovens em busca de um abrigo, uma lareira, uma família e, com elas, os velhos ficarão em paz, no velho restaurante, na antiga comunidade, nesse filme que poderia derreter até AS NEVES DE KILIMANJARO, tamanha a sua bondade, diria humanidade.

(*) Crônica livremente inspirada do material cedido pela MK2 Films, incluindo notas de produção
RATING: N/T

TRAILER

TRAILER INDISPONÍVEL


Article Categories:
PREVIEW · RIO · SAN SEBASTIAN · TIFF · VENEZA

Deixe uma resposta