Colo

COLO
BANNER INDIE17


Silêncio. Diante dos tempos, desses tempos obscuros, das expectativas estranhas, do medo, da incerteza, só nos resta o silêncio. Difícil falar de política, de religião, de qualquer outro assunto. Basta o silêncio. Na família, nos encontros, nas mesas de bar, as pessoas estão quietas, distantes, alheias em pensamentos ou em suas pequenas telas. A cidade está cinza, blindada, borrada, sem cor. Uma névoa imensa sem sangue. Então, existe a culpa. E de novo o silêncio.

COLO é a história de uma pequena família, pai, mãe e uma filha adolescente. Como todos os outros, estão em silencio. Ali, no pequeno apartamento, mal se falam, talvez mal se conheçam, e se mal se conhecem, viver em um apartamento tão pequeno pode ser quase promíscuo. Poucos falam sobre o que sentem. E nesse filme de Teresa Villaverde, quase ninguém fala. Esse é o começo: A perda de um emprego em uma família de três. O pai desempregado, a mãe cansada, o dinheiro escasso e as contas para pagar. E nesse círculo vicioso, a cineasta filma em distância, ad eternum: O pai sente-se culpado (silêncio). A mãe sente raiva (silêncio). E a filha observa em silêncio o colapso da família porque tem outros problemas (de jovem) para resolver. Não há comunicação. Apenas esse filme, a espera e o desejo impossível de começar do zero. Quero colo.

Cada personagem em eterna apatia. Seria a culpa? O rescaldo do horror? O fim deste mundo? Talvez a falta de esperança, a vontade de gritar, lutar ou protestar porque não vale a pena. Não vai mudar nada. É o esgotamento. O silêncio. O pai, em certo ponto, parece tentar se esconder em si mesmo. Parece que se esconde por medo de ser inútil. Não há emprego. Não há proposito. É um fantasma sem autoestima, envergonhado e solitário, a vagar por seus pensamentos. E de novo o silêncio. O publico em silêncio diante desse “colo” negado. O quanto ele é (será) incomodo, depende de cada um.

(*) Crônica livremente inspirada do material cedido pela FILMS BOUTIQUE, incluso notas de produção e entrevista com a cineasta
RATING: N/T

TRAILER

Article Categories:
BERLIM · PREVIEW

Deixe uma resposta