O Reencontro

SAGE FEMME


De La Fontaine, uma versão contemporânea da “Cigarra e a Formiga”, ou um conto de duas Catherines (Frot e Deneuve): Duas mulheres e gerações diametralmente opostas, mas pouco a pouco, pela projeção e convivência, se tornando fonte de cumplicidade, reciprocidade e sabedoria. O que as torna um pouco formiga e um pouco cigarra. Então, nesse cinema de Martin Provost, vemos um “female buddy movie”, THELMA & LOUISE, Claire e Béatrice, a formiga vivendo nas sombras para a cigarra lhe trazer luz; A cigarra cheia de espirito para a formiga lhe trazer um pouco de juízo. E cada uma apreciando a outra. E sem o qual não seriam nada. Nem esse filme.

Também uma fábula de transmissão e transformação, donde Claire redescobre sua segunda mãe e Béatrice, a filha que nunca teve. E é desta relação, da química dentre duas atrizes que está o cerne da história: Béatrice não hesita em apresentar Claire como sua filha aos médicos que a tratam e, como resultado, Claire, encurralada, aceita. E quando Béatrice não tem mais donde ir, é Claire que abre a porta para seu apartamento e, consequentemente, sua vida. Desse pequeno espaço, se filma a arena para um pequeno confronto e, depois, uma bela amizade, uma chance de compensar o tempo perdido, para fazer a paz. Juntas, elas recordam do homem que adoravam. Cada uma, à sua própria maneira, o pai que repentinamente desapareceu, ou talvez o único e verdadeiro amante que se foi. E, assim, deixar o passado para trás e aceitar o futuro, o início de uma nova vida para Claire, um final mais reconfortante para Béatrice.

Um conto (de fadas?) que transita entre a comedia e os dramas, a lágrima e os risos, um flerte ao romantismo e, não à toa, a doce melodia que acaricia as personagens: Uma caixinha de musica, tão sutil, tão delicada, como uma canção de ninar para algum bebê. Que Provost filma. Que Frot ajuda a parir e Deneuve (sempre bela) vive em talento.

(*) Crônica livremente inspirada do material cedido pela Premier PR, incluso a entrevista com o diretor
RATING: 64/100

TRAILER

Article Categories:
BERLIM · MARCHÉ DU FILM

Deixe uma resposta