Como Vencer no Jogo (Sempre)

HOW TO WIN AT CHECKERS EVERY TIME


HOW TO WIN AT CHECKERS EVERY TIME (2015)Num jogo lúdico entre dois mundos, sonho e pesadelo, passado e presente, música e barulho, John Kim aposta suas fichas na poesia, nas cores esmaecidas, nas coisas simples da vida, afinal na infância. E aos olhos de uma criança, de um irmãozinho, vemos um mundo diferente, donde a homossexualidade é o mais natural dos mundos, porque afinal não importa quem você ama, mas como e quanto se vive esse amor.

Então, por essa Tailândia tão conhecida por suas SÍNDROMES E UM SECULO, HOTEL MEKONG e CEMITÉRIO DOS REIS, vemos outro mundo e tal qual TIO BOONMEE, QUE PODE RECORDAR SUAS VIDAS PASSADAS, voltamos também ao passado, para a escola, as guloseimas e brincadeiras. E dali, revisitar a vida desse menino que perdeu a mãe, depois o pai e pela loteria da vida, pode perder o irmão. Peixinhos perdidos num aquário infinito, nessa metrópole que evoca O CHEIRO DA PAPAYA VERDE, na cidade que se enamora com o cinema filipino, de longe outros autores como Brillante Mendoza e Joshua Oppenheimer, o mesmo cenário de miséria, ínfimos e relações de poder.

Um jogo donde cada personagem segue mentindo e enganando, jogando e vencendo, enquanto a tela inflama e, com ela, também o público, todos imersos nessa inocência, os dias se espreguiçando, espalhando seu perfume, seus amores, seus humores, enquanto os irmãos passam um tempo juntos, num passeio de motocicleta, num fast food, ou talvez no tabuleiro riscado no banco da praça, as peças improvisadas em tampinhas de refrigerante, o pensamento fixo em cada movimento. Eis a regra desse filme, da vida que passa, desse idílio donde torcemos veementemente por cada irmão, pelo casal ou talvez algo mais simples, que a sorte que cuidadosamente mexe o pote, retire um papelote preto ao invés do vermelho. Sim, cada movimento conta (e sempre).

RATING: 67/100

TRAILER

Article Categories:
BERLIM · MARCHÉ DU FILM · MIX BRASIL

Deixe uma resposta