Como salvar o Belas Artes…

A manifestação pública é importante, primordial, mas não totalmente eficaz. Salvar o Cine Belas Artes depende, além de esforço público e financeiro, de certo empenho político. Manifeste seu apoio – ou não -através do seu vereador. Entre no site da Camara dos Vereadores, procure o vereador que você elegeu e escreva sua opinião a respeito do assunto. Se expresse com clareza e educação, peça auxilio, providências. Faça valer o seu voto!

Modelo de E-mail:

Prezado Sr. Vereador:

Como seu eleitor, no pleito de 2008, estarei atento no seu esforço pelo tombamento do Prédio onde agora está situado o Cinema Belas Artes e/ou tentativas legais de salvar esse patrimonio cultural.

Espero que o Sr., enquanto meu vereador e representante na Camara, não me decepcione.

Article Categories:
ARTIGOS

Comments

  • Belas Artes, sempre pelo bem. Agora, pelo bem do Belas Artes

    Sou paulistana. Tenho 55 anos. Nasci nesta incrível cidade, nela estudei, fiz minha família, nela trabalho, nela sempre vivi, enfim, nela me tornei eu.
    Quando criança, adolescente, adulta e agora madura o Belas Artes sempre esteve presente em minha vida. Sempre atualizado, na vanguarda ajudou a refletir e formar muitas de minhas idéias e de tantas outras pessoas.
    Hoje novamente o Bels Artes me fez refletir. Me intrigou ver mobilização de tantas pessoas para mantê-lo ativo. O Belas Artes é uma presença forte. É a cara de São Paulo.
    Não consigo imaginar minha cidade sem o Belas Artes.
    O Belas Artes representa valores que buscamos nos dias de hoje, humanidade, aceitação da diversidade, novas idéias, abertura.
    Nesta cidade vi florescerem idéias, ocorrerem protestos , reivindicações. Ao lado de todo esse borbulhar em São Paulo sempre esteve o Belas Artes. O Belas Artes a tudo assistiu e sobreviveu. Carrega em suas instalações memórias paulistanas. E quieto, assistindo a tudo manteve sua imponência. É das poucas instituições (sim se tornou uma instituição!) em São Paulo que sempre proporcionou só o bem para as pessoas, trouxe entretenimento e cultura sem nunca deixar de manter seu alto nível. É um bem, em todos os seus sentidos.
    Pena que seu proprietário não está conseguindo avaliar o valor do patrimônio que tem.
    A Prefeitura de São Paulo busca revitalizar espaços decadentes, busca humanizar espaços, criar centros de lazer e no entanto temos um espaço vivo, humano, de lazer e cultura, já pronto que perdura e se mantém por décadas. O Belas Artes simboliza uma estabilidade cultural que assim se manteve por trazer instrução, formação e lazer a milhares de pessoas.
    Nada será feito para assegurar a integridade e manutenção desse espaço-referência maravilhoso que é o Belas Artes? Sim, o Belas Artes é uma referência.
    Agora, para falar em termos ( infelizmente) bem atuais, um tsunami econômico e infundado quer derrubar essa ‘instituição’? É fácil assim?
    Transformá-lo em um espaço comercial seria um ato terrorista e violento contra a cultura e contra uma referência paulistana. Francamente, a incrível São Paulo não merece essa agressão.

    Estamos tocados por essa aberração que se quer fazer.
    Mais uma vez o Belas Artes está fazendo a sua arte….

    maria Cristina Queiroz 17 de março de 2011 22:54 Responder

Deixe uma resposta