Oscar 2010: Melhor Filme Estrangeiro

O OSCAR em língua não-inglesa… É assim, com esse nome bem xenófobo, que a Academia denomina a sua categoria mais confusa e imprevisível. A questão básica é muito simples. O OSCAR é basicamente uma ação para promover o cinema norte-americano em todo o mundo; É um grande e muito bem sucedido trabalho de marketing, e os estrangeiros estão ali apenas para justificar a globalização. Dá a sensação que eles “furaram”a festa alheia.

Eles tomam o máximo de cuidado e criam o máximo de dificuldades para que esse prêmio não venha tomar uma dimensão grande demais, que possa empalidecer o produto nacional. E basicamente, americano não gosta de filme legendado, (O problema das dublagens nunca foram resolvidos a contento) e não se interessam pela cultura estrangeira.

Há várias regras esdrúxulas e complicadas para tornar um filme elegível. Mas não é suficiente. Existe um comitê voluntário que se oferece para assistir os filmes. São divididos em grupos e nem sempre vêem o filme até o final. Assim, o filme que começa lento ou tem narrativa arrastada é logo descartado (Foi o caso de ABRIL DESPEDAÇADO). Este comitê é que escolhe os cinco finalistas , e isso explica porque há um numero tão notável de filmes famosos que ficaram de fora, por vezes absurdamente. Abaixo você confere os principais concorrentes ao Oscar 2010 de Melhor Filme Estrangeiro:

———————————————————————–Prováveis Indicados:


A FITA BRANCA
Alemanha
100%


O PROFETA
França
100%


AJAMI
Israel
78%


O SEGREDO DOS SEUS OLHOS
Argentina
75%


WINTER IN WARTIME
Holanda
55%


———————————————————————–Outras Possibilidades:


A TETA ASSUSTADA
Peru
53%
SAMSON AND DELILAH
Austrália
51%


———————————————————————–Azarões:


THE WORLD IS BIG AND SALVATION LURKS AROUND THE CORNER
Bulgaria
46%
KELIN
Cazaquistão
38%


————————————————

Leia Mais sobre o OSCAR 2010…

Article Categories:
AWARDS

Comments

  • Acredito que “The White Ribbon” e “Un Prophete” são mesmo os longas que tem maior chance até o momento, até mesmo pela tradição de seus países na premiação. E adoraria ver uma indicação para “Mother”…

    Vinícius P. 7 de outubro de 2009 0:46 Responder

Deixe uma resposta