Oscar 1934


Os protestos foram tantos por não terem incluído Bette Davis entre as finalistas a melhor atriz do ano por ESCRAVOS DO DESEJO, que a Academia resolveu liberar a votação. E anunciou, 11 dias antes da premiação, que os eleitores estavam dispensados de respeitar a lista de indicados, podendo votar em quem quisessem. No entanto, na noite da entrega dos prêmios – 27 de fevereiro de 1935, Claudette Colbert ganhou o Oscar por uma boa diferença de votos e, as atrizes colocadas em segundo e terceiro foram exatamente aquelas que haviam sido indicadas antes… Bette Davis havia ficado em quarto. Hoje, pelos arquivos da Academia, constata-se que Bette, na realidade ficou em terceiro, sendo o resultado correto, por alguma circunstância, omitido. Desde então, a Academia resolveu que nunca mais haveria tal exceção.

Claudette Colbert, certa da vitória de Bette Davis, se preparava para embarcar num trem para Nova York, quando foi avisada do prêmio. Levada às pressas para Biltimore, recebeu seu Oscar e voltou correndo à estação. Ficou exatamente 7 minutos na cerimônia. Irvin S. Cobb foi o mestre de cerimônias. Pela primeira vez, o periodo de elegibilidade foi de janeiro a dezembro. Também 3 novas categorias foram criadas: Canção, Trilha Musical e Edição. Walt Disney foi premiado pelo terceiro ano consecutivo, na categoria de Curta de Animação.

E pela primeira vez na história, ACONTECEU NAQUELA NOITE levou todos os prêmios principais: Filme, Diretor, Ator, Atriz e Roteiro.

————————————————

ACONTECEU NAQUELA NOITE
Melhor Filme
Melhor Diretor | Frank Capra
Melhor Ator | Clark Gable
Melhor Atriz | Claudette Colbert
Melhor Roteiro Adaptado


Este foi um desses filmes, cuja realização passou por vários acidentes e coincidências que acabaram levando a um sucesso inesperado. O conto, cujo titulo original era “Night Bus”, escrito por Samuel Hopkins Adams e publicado na revista Cosmopolitan, foi comprado pela Metro, depois de passar por vários estúdios. Em princípio, tinha sido escolhido para ser estrelado por Robert Montgomery, que recusou por não gostar do roteiro. Mais tarde, foi trocado, com a pequena Columbia, juntamente com o empréstimo de Clark Gable, pelos serviços de Frank Capra que dirigiria, para a Metro, um filme chamado “Soviet”, o qual nunca foi realizado. Robert Riskin foi incumbido de refazer o roteiro. E foi o que ele fez, com muita felicidade, inserindo diálogos inteligentes em situações simples.

Ellie Andrews (Colbert, depois que Myrna Loy recusou o papel) é uma rica e mimada herdeira que foge de casa porque o pai é contra seu casamento com um caçador de dotes mexicanos. Ela perde seu dinheiro numa viagem de ônibus para Nova York. Nessa mesma viagem, vem a conhecer Peter Warne (Gable), um repórter desempregado, que a reconhece e começa a ajudá-la, sem que ela saiba. Eles abandonam o ônibus, pedem carona pela estrada, dividem um quarto num motel e acabam se apaixonando. Quando Ellie descobre que Peter esta mandando noticias sobre ela para um jornal, sente-se traída, e resolve telegrafar para seu pai. Mas uma reviravolta proporciona o final feliz característico do gênero.

Algumas seqüências ficaram famosas: Gable ensinando a COlbert como molhar rosquinhas no café, os dois pedindo carona na estrada, Gable fingindo ser um pistoleiro para afastar um chantagista, um coberto que chamaram de “Muralhas de Jericó”, separando as camas no quarto do motel, criado por Capra porque Colbert se recusou a tirar a roupa diante das câmeras.

Trata-se de uma comédia romântica clássica que foi a primeira a ganhar todos os OSCARs mais importantes: Melhor Filme, Diretor (Frank Capra, 1897/1991), Roteiro, Ator (Clark Gable, 1901/1960) e Atriz (a francesa Claudette Colbert 1903/1996). Muito imitada e duas vezes refilmada (a última como musical, “Só por Aquela Noite”, com Jack Lemmon), teve enorme impacto na época da Depressão. A popularidade do filme foi tão grande que, por ter Clark Gable tirado a camisa e mostrado o peito nu, a venda de camisetas, nos dois anos seguintes, caiu tremendamente nos EUA.

Serviço: “It Happened One Night” (Columbia – 1934) – 105min./ Preto e Branco / EUA – Diretor: Frank Capra. Elenco: Clark Gable, Claudette Colbert, Walter Connolly, Roscoe Karns, Jameson Thomas, Alan Hale, Arthur Hoyt, Blanche Friderici e Charles C. Wilson.

————————————————

Melhor Filme
ACONTECEU NAQUELA NOITE | Columbia

A FAMÍLIA BARRET | MGM
A CASA DE ROTHSCHILD | 20th Century/United
CLEÓPATRA | Paramount
MISS GENERALA | First National
ALEGRE DIVORCIADA | RKO Rádio
AÍ VEM A MARINHA | Warner Bros.
IMITAÇÃO DA VIDA | Universal
UMA NOITE DE AMOR | Columbia
A CEIA DOS ACUSADOS | MGM
VIVA VILLA | MGM
LEGIÃO DAS ABNEGADAS | Fox

Melhor Diretor
Frank Capra por ACONTECEU NAQUELA NOITE

W. S. Van Dyke por CEIA DOS ACUSADOS
Victor Schertzinger por UMA NOITE DE AMOR

Melhor Ator
Clark Gable por ACONTECEU NAQUELA NOITE

Frank Morgan por AS AVENTURAS DE CELLINI
William Powell por A CEIA DOS ACUSADOS

Melhor Atriz
Claudette Colbert por ACONTECEU NAQUELA NOITE

Norma Shearer por A FAMÍLIA BARRET
Grace Moore por UMA NOITE DE AMOR
Bette Davis por ESCRAVOS DO DESEJO

Melhor Roteiro Original
VENCIDO PELA LEI

A PEQUENA MAIS RICA DO MUNDO
AMOR QUE REGENERA

Melhor Roteiro Adaptado
ACONTECEU NAQUELA NOITE

A CEIA DOS ACUSADOS
VIVA VILLA

Melhor Fotografia
CLEÓPATRA

A ESPIÃ 13
AS AVENTURAS DE CELLINI

Melhor Direção de Arte
A VIÚVA ALEGRE

A ALEGRE DIVORCIADA
AS AVENTURAS DE CELLINI

Melhor Edição
ESQUIMÓ

UMA NOITE DE AMOR
CLEÓPATRA

Melhor Som
UMA NOITE DE AMOR

MISS GENERALA
ALEGRE DIVORCIADA
AS AVENTURAS DE CELLINI
CLEÓPATRA
IMITAÇÃO DA VIDA
VIVA VILLA
LEGIÃO DAS ABNEGADAS

Melhor Trilha Musical
UMA NOITE DE AMOR

ALEGRE DIVORCIADA
A PATRULHA PERDIDA

Melhor Canção
“Continental” de A ALEGRE DIVORCIADA

“Love in Bloom” de DEMÔNIO LOURO
“Carioca” de VOANDO PARA O RIO

Melhor Diretor Assistente
John Waters | VIVA VILLA

Cullen Tate | CLEÓPATRA
Scott Beal | IMITAÇÃO DA VIDA

Confira as outras Edições do OSCAR:
Oscar 1932/33 | Oscar 1931/32 | Oscar 1930/31 | Oscar 1929/30 | Oscar 1928/29 | Oscar 1927/28

Fonte: Fernando Albagli (TUDO SOBRE O OSCAR) & Rubens Ewald Filho

Article Categories:
AWARDS

Deixe uma resposta