Dossiê Oscar 2009: Melhor Som (Mixagem & Edição)

Quanto mais barulhento melhor. Será? Ao menos desde o impressionante progresso, nos últimos 15 anos, da qualidade de som no cinema, os blockbusters têm sido os preferidos. Nem sempre o prêmio é compartilhado com o de Edição de Som. (Antigamente chamado de Edição de Efeitos Sonoros), que seria o equivalente auditivo aos efeitos visuais.

Antes de comentar os indicados, vale explicar o que é Som (Mixagem) e Edição de Som: Som basicamente é toda a trilha sonora do filme. É bom não confundir Trilha Musical com Trilha Sonora. Trilha Sonora inclui tudo: ruídos, diálogos, ou seja, o som final já mixado, já a Trilha Musical são as composições musicais criadas para o filme. A Edição de Som é basicamente a montagem de uma trilha sonora que não existe e não poderia ser obtida por formas naturais. Sendo necessário uma “edição” de sons previamente existentes para obter algo totalmente novo. É meio complicado mesmo explicar…

Uma grande referência nas categoria de Edição de Som está no DVD dO RESGATE DO SOLDADO RYAN, na sequência do desembarque aliado na praia da Normandia, num espetacular trabalho de edição de efeitos sonoros (o zunido de balas debaixo d’água, o personagem de Tom Hanks ensurdecendo por alguns segundos, as explosões bem ritmadas, de forma que o resultado não se torne insuportável para o expectador). É um exemplo claro de um recurso técnico do cinema que seria o equivalente auditivo aos efeitos visuais.

Outra caracteristica marcante é que a maioria dos filmes indicados e premiados na categoria têm roteiro com cenas em alto-mar (MESTRE DOS MARES em 2004, PEARL HARBOR em 2002, U571-A BATALHA DO ATLÂNTICO em 2001, O RESGATE DO SOLDADO RYAN em 1999, TITANIC em 1998, CAÇADA AO OUTUBRO VERMELHO em 1991).

Melhor Mixagem de Som


WALL-E
Tom Myers, Michael Semanick & Ben Burtt

É a equipe responsável por O CURIOSO CASO DE BENJAMIM BUTTON (2008), RATATOUILLE (2007), KING KONG (2005), WILLOW (1988), a trilogia SENHOR DOS ANÉIS (2001, 2002, 2003), dois episódios de INDIANA JONES (1981, 1989), dois espisódios de STAR WARS (1983, 1999) e ET – O EXTRATERRESTRE (1982) somando 5 Oscars ao todo.


O CAVALEIRO DAS TREVAS
Lora Hirschberg, Gary Rizzo & Ed Novick

É a equipe responsável por OS INCRÍVEIS (2004) e HOMEM-ARANHA (2002)


QUEM QUER SER UM MILIONÁRIO?
Ian Tapp, Richard Pryke & Resul Pookutty

É a primeira indicação da equipe


O CURIOSO CASO DE BENJAMIM BUTTON
David Parker, Michael Semanick, Ren Klyce & Mark Weingarten

Equipe responsável por O ÚLTIMATO BOURNE (2007), PIRATAS DO CARIBE (2003), O PACIENTE INGLÊS (1996), NEVER CRY WOLF (1983), WALL-E (2008), RATATOUILLE (2007), KING KONG (2005), a trilogia SENHOR DOS ANÉIS (2001, 2002, 2003) e CLUBE DA LUTA (1997) que somam quatro Oscars ao todo


O PROCURADO
Chris Jenkins, Frank A. Montaño & Petr Forejt

Equipe responsável por O ÚLTIMO DOS MOICANOS (1992), DICK TRACY (1990), ENTRE DOIS AMORES (1985), BATMAN FOREVER (1995), PERIGO REAL E IMEDIATO (1994), O FUGITIVO (1993) e FORÇA EM ALERTA (1992) que somam dois Oscars ao todo

——————————

Melhor Edição de Som

HOMEM DE FERRO | Frank Eulner & Christopher Boyes

É a 11º indicação da dupla que trabalhou em PIRATAS DO CARIBE: O BAÚ DA MORTE (2006), KING KONG (2005), os três SENHOR DOS ANÉIS (2001, 2002, 2003), PIRATAS DO CARIBE: A MALDIÇÃO DO PÉROLA NEGRA (2003), PEARL HARBOR (2001) e TITANIC (1997). Já ganharam 4 Oscars.


WALL-E | Ben Burtt & Matthew Wood

A dupla recebe sua 13º indicação ao Oscar. Concorreram por SANGUE NEGRO (2007), STAR WARS I: A AMEAÇA FANTASMA (1999), INDIANA JONES E A ÚLTIMA CRUZADA (1989), WILLOW (1988), STAR WARS V: O RETORNO DO JEDI (1983), OS CAÇADORES DA ARCA PERDIDA (1981) e ET – O EXTRATERRESTRE (1982) somando 3 Oscars ao todo, além de um Oscar Técnico pelos efeitos sonoros do Darth Vader em STAR WARS em 1977


O CAVALEIRO DAS TREVAS | Richard King

É a terceira indicação de Richard King ao Oscar. Ele já foi indicado por GUERRA DOS MUNDOS (2005) e MESTRE DOS MARES (2003)


QUEM QUER SER UM MILIONÁRIO? | Glenn Freemantle & Tom Sayers

É a primeira indicação da dupla ao Oscar


O PROCURADO | Wylie Stateman

É a quarta indicação de Wylie Stateman ao Oscar. Ele já foi indicado por MEMÓRIAS DE UMA GUEIXA (2005), RISCO TOTAL (1993) e NASCIDO EM 4 DE JULHO (1989)

——————————

Os Oscars de Melhor Som (Mixagem & Edição)…
O anúncio dos indicados ao Oscar revelaram quatro filmes que fizeram dobradinha nas categorias de Mixagem e Edição de Som: WALL-E, O CAVALEIRO DAS TREVAS, QUEM QUER SER UM MILIONÁRIO? e O PROCURADO (Uma surpresa e… Um Azarão!). BENJAMIN BUTTON (Mixagem) e HOMEM DE FERRO (Edição) fecham a lista e, nessas circunstâncias, são azarões também.

WALL-E sai na frente, dono de uma extraordinária concepção de som deixada a cargo do craque Ben Burtt. O designer sonoro é íntimo dos robôs – ele concebeu o som dos seis STAR WARS – e por isso foi chamado para o trabalho. Para criar todos os efeitos sonoros e a edição de som meticulosa do longa-metragem, Burtt lançou mão de todo seu arsenal de truques. Montou uma biblioteca com 2.400 arquivos sonoros e, munido das ferramentas tecnológicas mais avançadas, inventou sons cômicos e dramáticos para cada protagonista, muitas vezes alterando eletronicamente vozes humanas. O trabalho do cineasta Andrew Stanton consistiu, portanto, em combinar os sons com a expressão corporal das máquinas, pincelando a estória com momentos de comédia e romance. E tudo funciona às mil maravilhas.

As batidas eletrônicas de QUEM QUER SER UM MILIONÁRIO? executadas em volume altíssimo servem de trilha sonora para uma montagem hiper-acelerada, que nunca hesita em manipular a edição de som e imagem a fim de realçar as sensações do protagonista. A fita é a principal adversária de WALL-E aos Oscars de Som. A vontade de premiar SLUMDOG MILLIONAIRE está extrapolando os verdadeiros méritos e é muito provável que faça clean sweep no próximo Oscar.

O CAVALEIRO DAS TREVAS faz a triangulação final da categoria. É o principal blockbuster concorrente. É o filme mais barulhento. É a bilheteria do ano e, portanto, não surpreende se levar as Oscars técnicos de Sonoplastia.

Article Categories:
AWARDS

Comments

  • Quantum of Solace cabia em Mixagem de Som, no lugar dO Curioso Caso de Benjamin Button.

    Héber Ribeiro 26 de fevereiro de 2013 9:23 Responder
  • Nada mais justo que premiar a Edição de Som de O Cavaleiro das Trevas. Mas quanto a Mixagem de Som, Wall-E era melhor, principalmente no segundo ato, quando Wall.e chega ao saguão da nave galaxia, misturando todos os ruídos à emplacante Trilha Musical de Thomas Newman e também aos diálogos frenéticos. Uma pena.

    heber ribeiro 22 de dezembro de 2012 22:15 Responder
  • Acho que dá “The Dark Knight” em mixagem de som e “Wall-E” em Edição de Som.

    Kamila 15 de fevereiro de 2009 23:05 Responder
  • Eu não descarto a possibilidade de “Slumdog Millionaire” surpreender aqui, mas acho que a real disputa fica entre “WALL-E” e “O Cavaleiro das Trevas”. Mesmo gostando muito do segundo, aposto na animação para as duas categorias, acho que o filme da Pixar será um dos mais premiados nesse ano.

    Vinícius P. 15 de fevereiro de 2009 19:33 Responder

Deixe uma resposta