32ª Mostra SP: Retrospectiva Ingmar Bergman

Bergman morreu. Viva Bergman. Um ano após a morte do cineasta sueco, quando ele completaria 90 anos, a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo prepara um tributo à altura do mestre europeu: uma retrospectiva de filmes raros, uma exposição fotográfica e, em parceria com a editora Cosac Naify, o relançamento de uma autobiografia do diretor.

“Os 90 anos são uma boa desculpa para homenagear Ingmar Bergman. Ele é um autor eterno. Sempre que o revemos, descobrimos novos elementos, novas nuances em sua obra”, afirma Leon Cakoff, diretor da Mostra, que fará sua 32ª edição de 16 a 30 de outubro.

Entre os filmes que farão parte da seleção estão CRISE (1946), PRISÃO (1949), RUMO À ALEGRIA (1950) e A HORA DO LOBO (1968). Os filmes serão exibidos em cópias novas em 35 mm produzidas com supervisão do Instituto Sueco, órgão que difunde a cultura sueca no mundo.

Na exposição “Meus Encontros com Bergman”, o público confere uma seleção de fotografias em que o cineasta aparece nos bastidores das filmagens. As fotos, tiradas entre as décadas de 50 e 80, são do sueco Ove Wallin. A exposição já passou por Estocolmo e Tóquio.

Retrospectiva Ingmar Bergman
CRISE | Ingmar Bergman – 1946
CHOVE EM NOSSO AMOR | Ingmar Bergman – 1946
MÚSICA NA NOITE | Ingmar Bergman – 1948
PRISÃO | Ingmar Bergman – 1949
SEDE DE PAIXÕES | Ingmar Bergman – 1949
RUMO À ALEGRIA | Ingmar Bergman – 1950
QUANDO AS MULHERES ESPERAM | Ingmar Bergman – 1952
NO LIMIAR DA VIDA | Ingmar Bergman – 1958
A HORA DO LOBO | Ingmar Bergman – 1968
VERGONHA | Ingmar Bergman – 1968
A PAIXÃO DE ANA | Ingmar Bergman – 1969
FANNY E ALEXANDER | Ingmar Bergman – 1982

Article Categories:
FESTIVAIS

Comments

  • Como uma pouca conhecedora da filmografia deste grande diretor, esta é uma retrospectiva que eu, se estivesse em SP, assistiria COM CERTEZA!!!

    Kamila 12 de outubro de 2008 18:37 Responder

Deixe uma resposta