Ranking de Junho | 2008

WALL-E é o filme do mês – É O FILME DO ANO! O simpático robozinho chapliniano da Pixar recebeu nota máxima de 12% da Liga e desbancou seus concorrentes diretos em 2008 de forma avassaladora. ANTES QUE O DIABO SAIBA QUE VOCÊ ESTÁ MORTO fecha em segundo no mês e em terceiro no ano enquanto A QUESTÃO HUMANA completa o podium de junho e o TOP10 do ano. A eleição de junho repete o recorde negativo de maio, onde apenas 67% da Liga votaram, mas eleva o mês de junho ao topo do ranking com um primeiro, um terceiro e um décimo lugar, desbancando o oscarizado mês de fevereiro que também emplaca três películas entre os dez mais do semestre, mas em posições inferiores. Destaque, também para FIM DOS TEMPOS que se tornou o filme mais polêmico do ano, com maior margem de erro no cálculo da média: Uma exorbitante variação de 2,4 para cima ou para baixo.


WALL-E | Andrew Stanton

“Stanton não se distancia totalmente de uma abordagem mais obscura e própria da ficção-científica, especialmente em relação à natureza dos sentimentos de WALL-E e EVE e à sátira ao consumismo e ao sedentarismo. Não é que ele tente ser um “Kubrick para crianças”, mas mostra que sabe até onde pode nadar e ainda encostar o pé na areia. E se alguma referência ao cinema de Charles Chaplin deve ser lembrada, que seja a belíssima e tocante troca de olhares do vagabundo com a florista em LUZES DA CIDADE, que aqui encontra sua rima cibernética.”
Renato Silveira | CINEMATÓRIO

Ranking do Mês (*)
1 (1) WALL-E | Andrew Stanton – 8,73
2 (3) ANTES QUE O DIABO SAIBA QUE VOCÊ ESTÁ MORTO | Sidney Lumet – 8,54
3 (10) A QUESTÃO HUMANA | Nicolas Klotz – 7,96
4 (40) AGENTE 86 | Peter Segal – 6,42
5 (41) FIM DOS TEMPOS | M. Night Shyamalan – 6,35
6 (44) O INCRÍVEL HULK | Louis Leterrier – 6,23
7 (61) SEX AND THE CITY – O FILME | Michael Patrick King – 5,14
8 (70) JOGOS DE AMOR EM LAS VEGAS | Tom Vaughan – 4,14
Filmes Abaixo da Amostragem de 20%
– (–) ONDE ANDARÁ DULCE VEIGA? | Guilherme de Almeida Prado – 7,39
– (–) CINTURÃO VERMELHO | David Mamet – 7,29
– (–) A ÚLTIMA AMANTE | Catherine Breillat – 7,17
– (–) JOY DIVISION | Grant Gee – 7,13
– (–) 1958: O ANO QUE O MUNDO DESCOBRIU O BRASIL | José Carlos Asberg – 7,00
– (–) LÍRIOS D’ÁGUA | Céline Sciamma – 7,00
– (–) A BANDA | Eran Kolirin – 6,72
– (–) PERSONAL CHE | Douglas Duarte e Adriana Marino – 6,50
– (–) LADY JANE | Robert Guédiguia – 6,00
– (–) ROMULUS, MEU PAI | Richard Roxburgh – 6,00
– (–) AMAR… NÃO TÊM PREÇO | Pierre Salvadori – 5,33
– (–) CASAMENTO EM DOSE DUPLA | Vince Di Meglio – 5,00
– (–) A OUTRA | Justin Chadwick – 4,43
– (–) ARMÊNIA | Robert Guédiguian – 3,30
– (–) VALSA PARA BRUNO STEIN | Paulo Nascimento – 2,00
– (–) A FORÇA DA AMIZADE | Christopher N. Rowley – SEM NOTA
– (–) DOT.COM | Luis Galvão Telles – SEM NOTA
– (–) O GUERREIO DIDI E A NINJA LILI | Marcus Figueiredo – SEM NOTA
– (–) UM HOMEM PERDIDO | Danielle Arbid – SEM NOTA


ANTES QUE O DIABO SAIBA QUE VOCÊ ESTÁ MORTO | Sidney Lumet

“Este é um filme de encontros. Encontros de gêneros clássicos (o filme de assalto, o drama familiar) e também um encontro de, perdão pelo clichê, gerações. O roteiro cheio de frescor e ousadia do estreante Kelly Masterson encontra nas mãos do grande Sidney Lumet o arquiteto perfeito para que o excesso funcione. O texto se ergue num terreno perigoso, muitas vezes riscando a fronteira do ridículo com suas coincidências e semelhanças – mas, ao longo do filme, Lumet amarra aqueles devaneios de tal forma que nós nos tornamos espectadores embasbacados com um tipo de sensação de descoberta que parecia perdida. A obra-prima mais estranha e improvável dos últimos anos.”
Chico Fireman | FILMES DO CHICO

Rankings Alternativos
Filme Mais Popular: Maior Amostragem
FIM DOS TEMPOS | M. Night Shyamalan (53%)
Filme “Ame ou Deixe”: Maior diferença entre maior e menor nota
FIM DOS TEMPOS | M. Night Shyamalan (8 pts)
Pior Filme: Menor Nota Média com 10% de Amostragem
ARMÊNIA | Robert Guédiguian – 3,3
Filme Mais Amado: Maior Ocorrência de Notas 10
WALL-E | Andrew Stanton (6x)
Filme Mais Odiado: Maior Ocorrência de Notas 0
VALSA PARA BRUNO STEIN | Paulo Nascimento (1x)
Filme Mais Polêmico: Maior Desvio Médio
FIM DOS TEMPOS | M. Night Shyamalan (+/- 2,4)


A QUESTÃO HUMANA | Nicolas Klotz

“Uma banda entretendo o público em uma rave. Um psicólogo atendendo a pacientes dentro de uma empresa e a relação afetiva de um casal de amantes. É a partir de situações comuns ao cotidiano, das formas de tratamento de um para com os demais, que A QUESTÃO HUMANA, operando em escala decrescente, constrói-se como um anti-puzzle, abordando de forma incisiva uma das maiores vergonhas da humanidade. Tudo está ligado a esse quadro sintomático de sofrimento e agonia, inevitavelmente colados à existência.”
Daniel Libarino | THE BRIDGE

Ranking do Ano (**)
1 (-) WALL-E | Andrew Stanton – jun – 8,73
2 (1) ONDE OS FRACOS NÃO TÊM VEZ | Ethan Coen e Joel Coen – fev – 8,65
3 (-) ANTES QUE O DIABO SAIBA QUE VOCÊ ESTÁ MORTO | Sidney Lumet – jun – 8,54
4 (2) NÃO ESTOU LÁ | Todd Haynes – mar – 8,50
5 (3) SANGUE NEGRO | Paul Thomas Anderson – fev – 8,32
6 (4) A ESPIÃ | Paul Verhoeven – jan – 8,30
7 (5) FALSA LOURA | Carlos Reichenbach – abr – 8,24
8 (6) SERRAS DA DESORDEM | Andrea Tonacci – mar – 8,15
9 (7) SENHORES DO CRIME | David Cronenberg – fev – 8,05
10 (-) A QUESTÃO HUMANA | Nicolas Klotz – jun – 7,96

*POSIÇÃO (POSIÇÃO NO ANO) FILME | Diretor – Nota
**POSIÇÃO ATUAL (POSIÇÃO ANTERIOR) FILME | Diretor – mês de Lançamento – Nota

Article Categories:
RANKINGS

Deixe uma resposta