Mundo Oscar 2008 | Curta-Metragem

Talvez AT NIGHT, de Christian E. Christiansen e Louise Vesth, seja clichê. Pelo menos é o que percebe-se nos três primeiros minutos do filme. Mas, sob uma estética que busca profusão da raiva e frustração, surge um tensa história onde três mulheres procuram resolver os conflitos de suas vidas enquanto passam férias em um hospital de câncer. Mais que comover a platéia, o drama deve emocionar os membros da Academia e dispara favoritismo.

IL SUPPLENTE (THE SUBSTITUTE), da estreante Andrea Jublin, também figura na lista de Melhor Curta-Metragem. Com uma temática menos densa que AT NIGHT, o drama reflete os tormentos estudantis que afloram nesta idade. Tudo começa quando um acadêmico decide compassar uma escola com mais autoridade. Mas, para sua surpresa, ele descobre que por traz de um número de matrícula está um passado e um futuro.

Mas na categoria, há espaço também para humor. O francês LE MOZART DES PICKPOCKETS (THE MOZART OF PICKPOCKETS), de Philippe Pollet-Villard, usa uma gramática descontraída para contar um episódio, digamos, intrigante. Um grupo de ladrões resolve hospedar um rapaz aparentemente inocente. Porém, na calada da noite, o pequeno sabota os vândalos e leva uma larga quantia em dinheiro.

Divertido também é TANGHI ARGENTINI, dos já indicados Guido Thys e Anja Daelemans. Mas, ao contrario da produção acima, dessa vez o problema está na dança. Um senhor tem que aprender tango em apenas duas semana. A missão, aparentemente impossível, só ganha luz quando um colega de trabalho revela entender da arte. Será que isso vai dar certo?

Article Categories:
AWARDS

Deixe uma resposta