9 Estrangeiros para o Oscar

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas anunciou, ontem, 9 filmes que permanecem elegíveis ao Oscar 2008 de Melhor Filme Estrangeiro. São eles:

OS FALSÁRIOS | Stefan Ruzowitzky | Austria
O ANO EM QUE MEUS PAIS SAÍRAM DE FÉRIAS | Cao Hamburger | Brasil
A ERA DA INOCÊNCIA | Denys Arcand | Canadá
BEAUFORT | Joseph Cedar | Israel
A DESCONHECIDA | Giuseppe Tornatore | Itália
MONGOL | Sergei Bodrov | Cazaquistão
POST MORTEM | Andrzej Wajda | Polônia
12 | Nikita Mikhalkov | Rússia
THE TRAP | Srdan Golubovic | Sérvia

63 filmes constavam da lista original e, naturalmente, a categoria permanece burocrática e aleatória como sempre. Alguns filmes, tido como favorítos até agora, foram excluídos como 4 MESES, 3 SEMANAS E 2 DIAS (Romênia), PERSEPÓLIS (França), O ORFANATO (Espanha) e DO OUTRO LADO (Alemanha).

A escolha dos candidatos estrangeiros ocorre em duas fases. Na primeira, o comitê da Academia, com centenas de membros que residem em Los Angeles, assiste a todos os 63 candidatos e aponta os 9 finalistas. Em seguida, dez membros do comitê (escolhidos aleatoriamente), que selecionaram os filmes na fase 1, juntam-se a outros dez membros da Academia baseados em Nova York e Los Angeles. Então, todos assistem aos 9 finalistas e definem os cinco indicados.

Sugiro que no próximo ano, façam dinâmica de grupo entre os diretores para definirem os indicados. Seria mais justo!

Article Categories:
AWARDS

Deixe uma resposta